Victoria

É uma estação para ingleses

Centro do mundo real

Burocratas e burgueses

Et caetras e tal

Derivam-se coordenados

por profetas e adivinhos

negócios nunca sonhados

só para alguns pregaminhos

Mas no caso ora presente

Não há linhas nem agulhas

E o mistério de repente

Obriga a fazer escolhas

Já não interessa  a viagem

preciso é chegar cedo

Para descobrir na pele 

Que a estação é um segredo

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.